Alunos de escolas em Ouricuri saem as ruas, com movimento da não paralização do transporte escolar








A manhã desta quarta-feira(03) está sendo marcada em Ouricuri pelo movimento de alunos que fazem protesto pela falta de transporte escolar que pode acontecer a partir do dia 12, o iniciou aconteceu na praça Frei Damião.

O manifesto não parou por aí. Seguiu pelas principais ruas da cidade para chamar a atenção e alertar a população, os prejuízos que os alunos vão ter com a paralisação  sem o transporte escolar para vir assistir as aulas na cidade.

Segundo o estudante, Gildásio, presidente do Grêmio Estudantil da Escola Erem São Sebastião, os estudantes podem ficar impossibilitados de se deslocar porque os proprietários do transporte escolar podem suspender a prestação do serviço devido à falta de pagamento e que os alunos querem estudar e o governo municipal não quer deixar.

Seja de ônibus, van ou até bicicleta, todo estudante da Educação Básica que mora em área rural ou distante de sua escola tem direito ao transporte gratuito e de qualidade de acordo com os artigos 10 e 11 da constituição. Porém, não é o que pode acontecer em Ouricuri, e isso é coisa que acontece todos os anos na educação do nosso município acrescentou Gildásio.

Alunos que utilizaram faixas, cartazes e o grito de guerra sou estudante, sou radical e não sou capacho do governo federal

1º Congresso Estadual de Grêmios organizado pela UESPE

No dia 29 de Novembro de 2014 ocorreu o 1º Congresso Estadual de Grêmios organizado pela UESPE.




Em Petrolina, estudantes barram aumento de passagem

Após o anúncio do aumento de passagem em Petrolina passando de R$ 2,35 para R$2,60, os estudantes organizados pela União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina (UESP) junto a União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE) organizaram os estudantes a lutar para barrar o aumento abusivo.  Os estudantes foram recebidos na Promotoria de Justiça, no Fórum e ainda pelo presidente da Câmara dos Vereadores para discutir o aumento.
            O Conselho Municipal de Transportes por ampla maioria reprovou o aumento abusivo, assim sendo a procuradoria do município entrou com um agravo pela suspensão do aumento da tarifa. Com a decisão favorável concedida pelo Desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco a passagem desde o dia 23 de outubro voltou a ser R$ 2,35.
            Sem dúvidas foi uma grande conquista para os estudantes e todos aqueles que se somaram a esta luta. Fica o exemplo: Só conquista quem luta.

            Nossa luta não para por aqui, agora é hora de conquistar o passe livre estudantil para todos os estudantes.

Em Petrolina, estudantes organizados pela UESP e UESPE sai as ruas contra o aumento de passagem

No dia 01 de outubro, os estudantes petrolinenses saíram as ruas em defesa da revogação imediata do aumento abusivo da passagem e auditoria imediata nas contas das empresas de de ônibus. 
A concentração ocorreu na praça da catedral, área central da cidade e seguiu em direção a Promotoria de Justiça, chegando a ser recebido de lá os estudantes foram até a Câmara Municipal dos Vereadores, ficando acertada uma reunião para próxima quarta  feira dia 08 de outubro com o presidente. 




Programação do 12º Congresso da UESPE



Segue abaixo a programação do 12º Congresso da UESPE
e iremos divulgando as personalidades que já estão confirmadas para abertura, painel e grupos de debates.

#rumoao12ºcongressodauespe

Programação do 12º Congresso da UESPE


Sábado, 20 de Setembro de 2014

09h - Chegada e credenciamento das delegações

11h às 13h - Almoço

13:30h - Mesa de Abertura em homenagem aos 25 anos da UESPE
Exibição do vídeo de 25 anos da UESPE
   
15:30h - Lanche

16h - Painel 1 - “A escola que queremos: Boa estrutura, Democrática e Inclusiva”
         Painel 2 - 50 anos de impunidade do golpe militar e a resistência da juventude

18h - Jantar

20h às 22:30 - Show de bandas

23h - Encerramento das atividades do primeiro dia
Domingo, 21 de setembro de 2014

07h às 08h - Café da manhã

09h às 10:30 - Início dos Grupos de Debate (Gd’s)
1. O papel do Movimento Estudantil e o grêmio;
2. Acesso ao ensino superior;
3. Plano Nacional de Educação e 10% do PIB para Educação;
4. Por uma arte crítica, engajada e popular;
5. A quem serve as drogas;
6. A luta contra o preconceito, o machismo, o racismo e a homofobia;
7. A mulher jovem e a gravidez na adolescência;
8. Ensino Técnico: Expansão, Assistência Estudantil e Qualidade;
10. Passe-livre e meia passagem intermunicipal;
11. A luta da juventude e a crise do capitalismo;
12.  O jovem e o mercado de trabalho;

12h às 14h - Almoço

14:30h - Apresentação Cultural

15:30h - Plenária Final

17h - Retorno das delegações

25 anos de luta por uma educação pública gratuita e de qualidade!

Neste ano, a UESPE completa 25 anos de luta pela liberdade e pelos direitos dos estudantes. Lutamos por uma educação pública, gratuita e de qualidade para todos os jovens.
Garantimos nesta última gestão de 2012 a 2014, a luta em defesa do direito dos estudantes se organizarem na sua escola, de eleger o Conselho de Representantes de Turma (CRT) e seu Grêmio em todas as escolas da rede municipal, estadual e particulares do Estado de Pernambuco. Foi uma gestão marcada pela greve dos estudantes defendendo a eleição direta para diretor nas Escolas de Referência no Ensino Médio, nas cidades da Região Metropolitana do Recife, do Agreste e do Sertão. A jornada de lutas pela meia passagem intermunicipal sensibilizou a todos, menos os gananciosos capitalistas donos das empresas de ônibus. Os protestos contra o aumento das passagens se desenvolveram ao ponto do mesmo ser barrado recentemente em Petrolina. Também realizamos várias passeatas levando a bandeira da reivindicação do Passe Livre nas grandes cidades do nosso estado.
A organização dos estudantes nos Grêmios e nas suas entidades municipais vem crescendo a cada dia, aumentando, assim, a nossa força. Foram realizados grandes congressos nestes últimos meses nas cidades de Caruaru, Petrolina, Recife, Jaboatão, Carpina, entre outras.
 A UESPE organizou em todo o estado uma grande bancada pernambucana para o maior Encontro de Escolas Técnicas do Brasil (ENET), realizado pela Federação Nacional dos Estudantes das escolas técnicas (FENET) em Brasília no IFB-Brasília, com cinco ônibus lotados somente com estudantes dos Institutos Federais da capital e do interior do nosso estado. O evento realizou-se entre os dias 18 e 21 de abril, e foi o maior encontro de escolas técnicas do Brasil, com a presença de 1.500 estudantes de 25 estados, representando 85 grêmios.
  Convocamos a todos para juntos fortalecermos os Grêmios em cada IF  e em cada escola de Pernambuco para juntos lutarmos por uma educação pública, gratuita e de qualidade! Por um ambiente de ensino sem violência, sem repressão, sem machismo, sem opressão, sem racismo, sem homofobia, sem drogas e que estimule as relações saudáveis entre alunos, professores e funcionários!

12º Congresso da UESPE será dia 20 e 21 de Setembro


Qual a escola que queremos? 
Por uma escola com boa estrutura, democracia e inclusão ! 

Vamos  transformar nossa escola

A realidade que nós estudantes vivemos no dia a dia na escola é totalmente diferente daquela acima descrita na Constituição brasileira. Mesmo sendo o Brasil a 7ª economia do mundo, ocupamos, no entanto, a 38ª posição no ranking internacional da educação.
Em todo o Brasil é comum ver uma escola, seja no interior ou na capital, sem a estrutura básica. Faltam salas de aula, laboratórios, ar condicionado, banheiro decentes, há muitos casos de faltar papel higiênico e até água potável para se beber. E na escola de ensino integral falta até chuveiro para um banho depois da aula de educação física. E isto sem falar na impossibilidade de sermos ouvidos sobre o conteúdo das matérias e na terrível desmotivação dos professores gerada pelos baixos salários. Assim, é difícil, quase impossível, uma boa aprendizagem.
Mas, o que leva um Estado tão rico como o Brasil a investir tão pouco na educação dos seus jovens? Seria falta de recursos? Como justificar o investimento de R$ 28 bilhões de reais na copa de 2014 e R$ 800 milhões de reais, somente na Arena Pernambuco, dinheiro que daria para construir 200 escolas iguais ao Ginásio Pernambucano na Av. Cruz Cabugá em Recife? Não. Trata-se de uma clara política dos governantes para favorecer as classes dominantes e as suas insaciáveis companhias de construção, entre outras.
Por uma escola com estrutura, democracia e inclusão
A falta de democracia na escola e de uma educação libertadora dificulta a conscientização e a inclusão dos estudantes. Como dizia Paulo Freire: “Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor”. O estudante não tem o direito de eleger o diretor da sua própria escola, são feitos apenas consultas sem caráter deliberativo nas escolas regulares. E nos EREM`s, nem isto. Em muita escola, sequer o sagrado direito de se eleger o Grêmio Estudantil, previsto na Constituição Federal, é respeitado. Essa situação fere também o princípio do Plano Nacional de Educação, recentemente aprovado, que coloca como meta no Artigo 2º: “a promoção do princípio da gestão democrática da educação pública”.

Seja eleito delegado e participe do 12º congresso da UESPE

Nos dias 20 e 21 de Setembro/14, será realizado o 12º Congresso da UESPE e 8º Seminário: A Educação no Século XXI, nos quais se encontrarão estudantes de todas as regiões do estado para debater, aprender e trocar experiências com outros colegas. O tema principal deste congresso será “Qual a escola que queremos?”. No evento, aprovaremos o PLANO BIENAL DE EDUCAÇÃO DA UESPE, para que possamos apresentar aos governos municipal, estadual e federal.
Haverá mesas de debates sobre cultura, esportes, ensino técnico, movimento estudantil, 50 anos de impunidade do golpe militar de 1964, a mulher jovem, entre muitos outros. Além disso, várias apresentações culturais irão animar os congressistas, com bandas, poesias, Hip Hop, etc.
Participe você também do 12º Congresso da UESPE! Entre em contato com os responsáveis e seja eleito delegado ou suplente da sua escola!

Em Petrolina, Estudantes barram aumento de passagem mais uma vez

No último dia 18 de agosto, a União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina (UESP) e a União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE) barram junto com os estudantes mais uma vez o aumento abusivo de passagem em Petrolina, a proposta dos empresários apresentado pela Setranvasf era de R$2,84. A tarifa atual ainda é a mais cara do estado de Pernambuco, R$2,35.Saiba quem votou contra e a favor:CONCORDARAM COM O AUMENTO:·         Setranvasf
·         Sindicato dos Rodoviários
·         Sindicato dos Lojistas
 VOTARAM CONTRA O AUMENTO:·         Uespe
·         Federação das Associações do Município
·         EPTTC
·         Secretaria de Infraestrutura
·         Procuradoria do Município
             Para o diretor da UESPE, Rubem Severino: “O aumento de passagem proposto é abusivo e uma afronta aos estudantes e ao povo petrolinense”- argumentou.            Com espírito de muita energia, os estudantes conseguiram mais uma vez barrar o aumento abusivo da passagem. Agora é hora de conquistar o passe livre estudantil para todos os estudantes.




Em Carpina, AESC realiza seu 6º Congresso Municipal


No dia 19 de agosto no salão Paroquial foi realizado o 6º Congresso da Associação dos Estudantes Secundaristas do Capina (AESC), completando 18 anos de muita luta em defesa de um país democrático e por uma educação de qualidade.
O congresso foi realizado com grande entusiasmo tendo presente mais de 150 estudantes de de 7 escolas, sendo da rede municipal e estadual.
Na Mesa de abertura estavam presentes a Secretária de Juventude, Emanuela Lapa, a Secretária de Educação, Mônica Guerra e o Secretário Adjunto de Assistência Social, Eliton Lopes. João Paulo diretor de grêmios da FENET, Natália Freitas, Representado o Movimento Olga Benário -Manoel Pedro, Representando o Movimento Luta de Classes, Cledimilson Ulianov, diretor da UESPE, Juana Tayná, Representando o Grêmio da ETEMERB. E conduziram todo o processo de diálogo, Angelo Muccio, presidente da AESC.
Nessa tarde foi realizado 3 grupos de debates com os seguintes temas: O papel do movimento estudantil e o Grêmio,A Escola que queremos e A importância da atuação das mulheres no movimento estudantil.
Ao final do congresso foram aprovada as propostas apresentadas pelos grupos e foi eleita a nova diretoria da AESC tendo a frente o estudante Angelo Muccio, presidente.
z







Em Caruaru, UESC realiza seu 14ª Congresso Municipal

No dia 08 de Agosto ocorreu o 14º Congresso da União dos Estudantes Secundaristas de Caruaru (UESC), na Escola Municipal Professor Machadinho contou com a participação de 300 estudantes de 15 escolas. Inclusive de estudantes da Escola Dom Vital, ocorreu variados debates e atrações culturais de escolas da cidade. Ao final foi aprovado as propostas e a moção de repúdio ao genocídio de Israel ao povo palestino. No final foi eleita a nova diretoria da Uesc na qual que tem como Presidente o estudante e Diretor do Grêmio Livre Estudantil Jonas José de Albuquerque, Feliipe Barros, da Escola Dom Vital.
O Congresso contou com a participação do Secretário Municipal de Educação; do presidente da UESPE, Davi Lira; e demais lideranças.








Em Recife, Diretoria do Grêmio Estudantil do IFPE toma posse

Após as eleições ocorridas para o Grêmio Estudantil do IFPE  - Campus Recife, tendo a Chapa Nova Geração obtendo 52,20% dos votos, a Comissão Eleitoral da eleição realizou na manhã do dia 05 de agosto, a posse da nova diretoria do Grêmio Estudantil, tendo como presidente o estudante João Paulo Barros.
A posse contou com a presença do Diretor Geral do IFPE - Campus Recife, Valbérico Cardoso; a Reitora do IFPE, Cláudia Sansil; do presidente da UESPE; Davi Lira; além dos membros do conselho superior do IFPE.



Em Petrolina, UESPE e UESP participa de audiência pública sobre transporte na camara dos vereadores

A União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE) e a União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina (UESP) participaram de uma audiência pública realizado dia 06 de junho na câmara dos vereadores de Petrolina, através de requerimento da vereadora Cristina Costa. A audiência teve o objetivo de discutir a situação do transporte público municipal, questionado pela imensa maioria dos petrolinenses. 
A Audiência contou com os representantes das empresas de ônibus, Setranvasf, ministério público e outras entidades. 
A UESPE usou a tribuna da camara para denunciar o má qualidade dos transportes público e o aumento de passagem proposto pelas empresas, vale lembrar que a passagem de Petrolina hoje é a mais cara do estado de Pernambuco sendo R$ 2,35.
Após várias discussões, no final da audiência foi aprovada algumas propostas, entre elas, rever o sistema público municipal e o estudo para implantação do passe livre para os estudantes.


Em Petrolina, UESP realiza seu 16º Congresso

No último dia 22 de maio a União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina (UESP) realizou seu 16º Congresso no Colégio de Aplicação da UPE e contou com mais de 500 estudantes. O congresso teve o objetivo de discutir a situação das escolas do município e o plano de atividades da entidade para os próximos dois anos. Além da eleição da nova diretoria da entidade.
Marcaram presença no congresso o Secretário Municipal de Educação de Petrolina, Heitor Leite; a Gerência Regional de Educação (GRE), Profª. Anete Ferraz; Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco, Robson Nascimento; o vereador Geraldo da Acerola, A deputada estadual, Isabel Cristina; a vereadora Cristina Costa; o Coordenador do Movimento de Luta de Classes, Marcelo Pessoa; o presidente da União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco e vice -  presidente da UBES; Davi Lira e outras lideranças.
O congresso foi marcado por intensos debates em clima de alegria e agitação. A gestora da GRE, prof.ª. Anete Ferraz, ministrou uma palestra sobre os desafios e perspectivas da educação: A escola que queremos. 
A vereadora Cristina Costa e a deputada estadual Isabel Cristina participaram da discussão sobre o passe livre estudantil destacando a importância e o benefícios para os estudantes.

No final. houve a eleição da nova diretoria da entidade e foi reeleita a estudante Sammara Oliveira que conduzirá a entidade nos próximos dois anos.
- Todos os direitos reservados - 2014 / 2015 - Copyright - www.UESPE.org.br | Desenvolvido Por: Kelvin Alves|